segunda-feira, 1 de junho de 2009

Esta sede...





que a tua imensa frescura mata...
Esta água que me enche de vida...
em todos os caminhos, em todos os momentos!

fotografias(C) Avelaneira florida
Enviar um comentário