domingo, 28 de agosto de 2011

epílogo

O céu baço enevoa-se de alfombras...
E o Pintor das Penumbras, já sem tintas,
Larga a chamar o mágico das sombras!
E o grão Pintor das coisas mortas, pinta-as...

"Vem com os tons de nuvem para leste,
Por onde o sol viu o dia mais contente"
Diz-lhe o das tintas vagas! - Tarde agreste...
Vão cheias de oiro as portas do Poente...

"Detém o braço dos heróis, o músculo
À raiva das enxadas que eu contemplo!
Dá-lhe o teu oiro, ó névoa do Crepúsculo...

"Vês as sombras da Tarde? Anda acendê-las
À luz da minha sombra...Olha, o meu templo
É um negro céu com lâmpadas de estrelas".

Afonso Duarte, Alegoria da Tarde II


Fotografia(C) Avelaneira Florida

3 comentários:

Méon, disse...

Olá, Afonso Duarte!
Obrigado pela sugestão, Avelã!
Bj

Adriana Martins disse...

Amigo me perdoe o amor que tenho por Portugal, por essa terra tão distante e tão perto dessa filha e neta de portugueses que quando foi ai deixou o coração enterrado ai
lembro a vc que não copiei suas fotos, apenas trouxe para mis perto de mi esse paiz que amo tanto, depois amigo, a internet é aberta, as fotossão suas mais a paisagem esta la
Me desculpe por ter irritado vc, achando que quero "pegar suas fotos" quero a imagem, o lugal, o meu Portugal, que mesmo nascendo aqui no Brasil amo tantpo
Se causou a vc um transtorno bipolar tão grande, faço sua vontade e apago as mesmas
Sinto muito que um portugues t~]ao mal educado tenha entendido mal meu amor por esse Portugal que amo tanto, que sei tantas historias, onde tenho parentes em Aveiro, Albufeira, Serra da Estrela e na minha velha Lisboa
Amo esse Pais tanto quanto amo o meu, quando vou ai, sinto que pertenço a essa terra
Faço sua vontade, deleto as imagens, fique com elas, procuro outras, mais aprenda uma coisa, educação e julgamento não se fazem com ataques de raiva
Abraços portugues mal educado
Não prive as pessoas das coisas bonitas que vc tem

Avelaneira Florida disse...

Adriana Martins,



Acho que não entendeu o que eu escrevi no seu blog a respeito das fotos.

Não pretendo, de maneira nenhuma, por em causa o seu amor por terras portuguesas. Não sou dona de nenhuma paisagem em Portugal ou em qualquer parte do mundo. Só a Mãe-Natureza é dona de si própria...



O que eu pretendi chamar a atenção é que: quando se usa na net uma foto ou um texto ou qualquer outra coisa que não seja nosso, feito por nós, ou tirado por nós, no caso das fotos, é de boa educação escrever JUNTO delas o autor ou o sítio de onde as tirámos...

É uma regra geral de funcionamento no meio de comunicação e respeita os direitos de autor.

Foi só isso que quis dizer-lhe. Nada mais. Tenho pena que assim o não tenha compreendido. No entanto, volto a dizer-lhe : Volte sempre ao meu blog!!!! Use as fotos que entender, se o quiser, mas, por favor, indique de onde as retirou...

Desejo-lhe tudo de bom.

M.C. ( Avelaneira Florida)