sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

Estamos a perder a nossa humanidade...

Foi hoje logo pela manhã!!!!!
De pé, cheia de força, foi caindo a golpes sincopados e inexoráveis!!!
Dela só resta um cepo perdido entre as pedras. Subitamente vazio de vida...

Somos assim os humanos!!!
As nossas comodidades estão primeiro!!!
No entanto, sonhamos o "Paraíso" com animais e plantas em profusão...quanta ironia!!!!!!


Fotografia (C)Conceição S. Mourão
Obrigada,  por não teres deixado que se esqueça!!!

3 comentários:

Méon, disse...

Pois, tb assisti a este atentado ao nosso património vegetal.
Parece que havia um problema de floração desta árvore, na Primavera tornava-se muito problemática para quem tem alergias do foro respiratório.
A questão que ponho é esta: quando se resolve plantar uma árvore em meio urbano estes problemas não são equacionados? Não há experiência nesta matéria? Os arquitetos paisagistas não sabem destas coisas? Plantam ao acaso e depois é que conhecem as características do que plantaram?

Na Av da Várzea não cortaram as árvores mas fizeram uma poda radical. Isto é: não podaram, deceparam!

Agora só falta dar o passo seguinte: colocar árvores de plástico! Não provocam alergias e lavam-se bem com a chuva ou à mangueirada...

Oh! Sorte!!!!

Lilá(s) disse...

Há cerca de um ano assisti revoltada ao abate de árvores que vi crescer durante cerca de 30 anos na minha praceta, apenas porque um autarca decidiu colocar uns candeeiros modernos no lugar das árvores...
Bjs

Cata- Vento disse...

Só a leitura do teu post abre ferida. Imagina quanto dilacerado fica quem observa tal atrocidade.

Bem-hajas!

Beijinhossss