sábado, 29 de janeiro de 2011

Requiem...

O dobre a finados ecoa nas paredes e nas memórias.
Sino entrelaçados de dor na tarde que fica.
Os passos definitivos.
Ciprestes e nuvens em contraste no horizonte da crença.
Terra e água na substância da vida.

Fotografia (C) Avelaneira Florida
Enviar um comentário